Encontre seu simulado:

16 de out de 2013

Simulado: Introdução à Educação Especial: ensinar em tempos de inclusão - Deborah Deutsch Smith

1. (VUNESP/2012) Em seu livro sobre Educação Especial, Smith (2008) discute as mudanças nas definições de retardo mental da AAMR – American Association on Mental Retardation propostas em 1992 e em 2002. A autora destaca que a definição de 2002

(A) tem profundas diferenças com relação à definição de 1992 e retorna ao conceito de defasagem e perda.
(B) reforça os conceitos de incapacidade e definição do QI como base para a definição.
(C) retorna ao conceito do QI como única definição para diagnóstico da deficiência mental.
(D) retoma a perspectiva negativa da deficiência intelectual sem se preocupar com o sistema de apoio.
(E) reforça os conceitos do comportamento adaptativo e dos sistemas de apoio.

2. (VUNESP/2012) Ao explorar os componentes do retardo mental, Smith (2008) destaca o funcionamento intelectual, o comportamento adaptativo e os sistemas de apoio. Quanto ao funcionamento intelectual, a autora apresenta quatro níveis para expressar a gravidade do retardo mental:

(A) leve, mediano, pontual e presente.
(B) leve, moderado, grave e profundo.
(C) limítrofe, mediano, grave e profundo.
(D) mediano, grave, pontual e profundo.
(E) leve, moderado, grave e presente.

3. (VUNESP/2012) Segundo Smith (2008), as características que definem o retardo mental são:

I. problemas cognitivos;
II. problemas no comportamento adaptativo;
III. necessidade de apoio para sustentar a independência;
IV. autonomia e adaptação a novas situações.

Assinale a alternativa que contém apenas afirmações verdadeiras.
(A) II e III.
(B) II e IV.
(C) I, II e III.
(D) I, II e IV.
(E) II, III e IV.

4. (VUNESP/2012) Em uma pesquisa apresentada por Smith (2008), pessoas com deficiência mental foram indagadas a respeito de indicadores de qualidade de vida. Os entrevistados apontaram seis desejos.
A seguir, são apresentados alguns desejos:

I. ter sucesso econômico; ter uma propriedade;
II. vivenciar experiências seguras; estar livre de maus-tratos e de abandono;
III. estudar em escola separada; ter contato apenas com pessoas deficientes mentais;
IV. participar da comunidade; escolher o que fazer com seu tempo livre.

Assinale a alternativa em que se encontram agrupados os seis desejos apresentados pelos participantes da pesquisa.
(A) I, III e IV.
(B) I, II e III.
(C) I, II e IV.
(D) I e IV.
(E) II e III.

5. (VUNESP/2013) Smith (2008) descreve três componentes para a condição de retardo mental. De acordo com AAMR (2002), um deles é assim definido:

É a coleção de habilidades conceituais, sociais e práticas que as pessoas aprendem a fim de atuar em sua rotina diária. (AAMR, 2002)

Essa definição refere-se a

(A) comportamento isolado.
(B) quociente de inteligência.
(C) funcionamento intelectual.
(D) comportamento adaptativo.
(E) sistemas de apoio.

6. (VUNESP/2013) Smith(2008) apresenta uma crítica do National Research Council (2002) quanto aos testes de inteligência. Essa crítica fez com que no Estado da Califórnia houvesse uma proibição de sua aplicação. Essa crítica está contida em:

(A) testes de inteligência sozinhos não são confiáveis na previsão das habilidades de um indivíduo com deficiência intelectual exclusivamente: eles não contemplam as diversidades culturais e linguísticas e não se traduzem em resultados educacionais úteis.
(B) testes de inteligência são confiáveis sozinhos na previsão das habilidades de indivíduos, e não são confiáveis quando aplicados junto com outros protocolos.
(C) testes de inteligência sozinhos são confiáveis na previsão das competências de um indivíduo: eles discriminam as diversidades culturais e linguísticas.
(D) testes de inteligência sozinhos não são confiáveis na previsão das competências de um indivíduo: eles não discriminam os alunos com diversidades culturais e linguísticas e não se traduzem em resultados educacionais úteis.
(E) testes de inteligência sozinhos não são confiáveis na previsão das habilidades de um indivíduo: eles discriminam os alunos com diversidades culturais e linguísticas e não se traduzem em resultados educacionais
úteis.

7. (VUNESP/2013) Para a definição dos sistemas de apoio necessários para cada indivíduo, Smith (2008) propõe três elementos que devem ser avaliados para essa definição. São eles:

(A) capacidades e habilidades adaptativas da pessoa, fatores de risco e participação nos ambientes da vida cotidiana.
(B) competências e habilidades adaptativas da pessoa, fatores de risco e participação nos ambientes da vida cotidiana.
(C) capacidades e competências da pessoa, fatores de risco e participação nos ambientes da vida cotidiana.
(D) capacidades e habilidades adaptativas da sociedade, fatores pré-natais e participação.
(E) capacidades e habilidades adaptativas do grupo ao qual a pessoa pertence, fatores de risco e participação nos ambientes da vida cotidiana.

GABARITO

1 -
2 -
3 -
4 - C
5 - D
6 - E
7 - A

Nenhum comentário:

Leia também:

Você também poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...